Garçom processa Fiuk e pode ganhar R$ 30 mil por dano moral

0
109

Profissional foi acusado pelo filho de Fábio Júnior de ter roubado seu celular, mas nada foi encontrado com ele no momento da revista da polícia.

Reprodução: TV Globo
garçom do Hotel Sheraton do Leblon, no Rio de Janeiro move um processo contra o ator Fiuk por danos morais e pede R$ 30 mil de indenização ao filho de Fábio Júnior.
O profissional afirma que o artista o acusou injustamente de furto de um celular. A situação teria acontecido durante uma hospedagem do ator no hotel. Fiuk teria se dirigido à recepção do estabelecimento e acusado o garçom de furto durante o serviço de quarto para a retirada da louça suja.
O processo corre na 8ª Vara Cível do Rio desde novembro de 2014.
Segundo o garçom a polícia foi chamada para tentar resolver a confusão. O profissional foi revistado, mas nada foi encontrado com ele. O rapaz afirma que mesmo após a revista Fiuk não se desculpou pela acusação e continuou ofendendo-o.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui